Você é um Cristão Cultural ou Bíblico?

Você é um Cristão Cultural ou Bíblico?

Por: Patrick Morley
Tradução e Versão: Carla Ribas

O cristianismo está florescendo. Há mais cristãos hoje na América do que nunca, tanto em porcentagem quanto em números. Cerca de um a cada três norte-americanos afirma ter pedido a Jesus o perdão dos seus pecados e o dom da vida eterna.


Eis a questão: Se a religião é parte tão importante  da nossa vida, por que não torná-la mais impactante em nossa sociedade? A triste realidade é que as alegações de compromisso religioso estão em alta, mas o impacto não corresponde.

Aqui está o problema: Embora o cristianismo seja florescente, muitos de nós, que somos cristãos, têm se engajado nessa cultura cada vez mais falida. Adotamos muitos dos valores do mundo que nos rodeia. Talvez seja a nova ética sexual de coabitação ou pornografia, ganância desenfreada e materialismo, ou a negligência às necessidades dos pobres. Gal. 5: 9 explica porque adotar esses valores é um problema: "Um pouco de fermento leveda toda a massa."

Então, quando tentamos ter o melhor dos dois mundos, trocamos a verdade de Deus pela mentira, a glória de Deus pela dos ídolos,  e fazemos o que parece certo aos nossos próprios olhos; ficamos absortos no mundo secular, e adoramos as coisas criadas ao invés do Criador.

O resultado? Cristianismo Cultural. Cristianismo Cultural significa buscar a Deus como queremos e não pelo que Ele é. É a tendência de ser superficial na compreensão de Deus, querendo que Ele seja um tipo de avô bondoso, que nos mima e nos permite fazer o que quisermos. É sentir necessidade de Deus, mas em nossos próprios termos. É querer o Deus que sublinhamos em nossas Bíblias sem querer o resto dEle. É Deus relativo ao invés de Deus absoluto.

Qual tem sido o resultado dessa religião cultural?

Dois tipos de cristãos

A facilidade com que as pessoas agora associam-se com a religião produziu dois tipos de cristãos: os cristãos bíblicos e cristãos culturais.

Jesus foi o primeiro a esclarecer os diferentes tipos de pessoas que iriam ou não associar-se a Ele. 
A parábola do semeador revela quatro grupos de ouvintes da Palavra de Deus.

Grupo 1: Os não-cristãos

"E os que estão junto do caminho, estes são os que ouvem; depois vem o diabo, e tira-lhes do coração a palavra, para que não se salvem, crendo;" Lucas 8:12Cristo deixa claro que nem todos que ouvem falar de salvação irão acreditar.

Grupo 2: O cristão cultural: Tipo 'F'

"E os que estão sobre pedra, estes são os que, ouvindo a palavra, a recebem com alegria, mas, como não têm raiz, apenas crêem por algum tempo, e no tempo da tentação se desviam;" Lucas 8:13

Tipo "F" significa fé falsa. Entre nós, há alguns que professam ser cristãos, mas na realidade não são; eles são cristãos culturais do tipo "C." Possuem uma falsa fé - que não é genuína em Cristo. Jesus disse: "Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus." Mateus 7:21

Sem soar alarme falso, mas em amor, eu encorajo todo cristão cultural a refletir se a sua fé é meramente derrotada ou falsa. Se a fé falsificada for a condição da sua vida, não desanime. Deus te ama com amor eterno e quer Se reconciliar com você.

Grupo 3: O cristão Cultural: Tipo "D"

"E a que caiu entre espinhos, esses são os que ouviram e, indo por diante, são sufocados com os cuidados e riquezas e deleites da vida, e não dão fruto com perfeição;" Lucas 8:14

Infelizmente, há pouca diferença entre a maneira como muitos cristãos e não cristãos gastam o seu dinheiro. Para um grupo cuja comissão principal é ser sal e luz para um mundo falido e confuso, este exemplo não ajuda muito para apresentar uma alternativa viável aos estilos de vida fúteis.

Tipo "D" representa a fé derrotada. O tipo "D" de cristão cultural vive em derrota. Há pouca ou nenhuma marginal entre o seu estilo de vida e o do homem que não faz nenhuma questão  de pertencer a Cristo. Ele nunca entendeu, talvez porque ele nunca foi ensinado, a diferença entre um cristão cultural e um cristão bíblico. Foi isso que ponderei diante de Deus até chegar a esse texto.

Grupo 4: O cristão bíblico

"E a que caiu em boa terra, esses são os que, ouvindo a palavra, a conservam num coração honesto e bom, e dão fruto com perseverança." Lucas 8:15

Um cristão bíblico é uma pessoa que confia em Cristo, e em Cristo somente, para a sua salvação. Como resultado da sua fé salvadora, ele deseja ser obediente aos princípios de Deus, fruto de um coração agradecido (Rom 1.5). A obediência não salva; somos salvos pela fé. Isso explica por que alguns homens podem ser cristãos culturais, eles têm uma fé salvadora, mas não obedecem a Jesus Cristo como Senhor das suas vidas. Eles não permitem que o Espírito Santo os capacite.

O que significa ser um cristão cultural hoje?

Lições da Escola Primária

Você se lembra da sua professora de escola primária ensinando sobre o princípio da difusão? Ela começava com um copo de água. Em seguida, com um conta-gotas, ela pegava algum corante vermelho e pingava uma gota no copo. Dentro de instantes, a água ficava com um tom rosado à medida que o corante se misturava à água no copo.

Na geração dos seus pais, ser um cristão cultural era ser como um copo de água com uma gota de corante vermelho. Em outras palavras, nos Estados Unidos, a cultura secular não era tão diferente da cultura cristã. Isso foi antes dos dias de pornografia na Internet, do aborto, do sexo explícito durante horário nobre da TV, das músicas que degradam as mulheres, e uma cultura de drogas difícil de evitar. Assim, um homem pode ser um cristão cultural e ainda, de alguma forma, estar próximo da visão de mundo e valores cristãos.

Ser um cristão cultural hoje é como ter toda a garrafa de corante vermelho derramado no vidro.

Um olhar no espelho

O homem no espelho, nunca vai mudar até que esteja disposto a ver a si mesmo como ele realmente é, e comprometer-se a conhecer a Deus como Ele realmente é. Essa objetividade fundamenta um homem; ela proporciona a clareza de pensamento que ele precisa para ser um cristão bíblico.

A pessoa que você vê no espelho é um cristão cultural ou um cristão bíblico?


Fonte: Patrick Morley
Foto: Thomas Ribas



4 comentários :

  1. Muito bom o seu blog, estive a percorre-lo li alguma coisa, porque espero voltar mais algumas vezes,deu para perceber a sua dedicação em partilhar o seu saber.
    Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante.
    E se gostar e desejar comente.
    Que Deus vos abençõe e guarde.
    Abraço.Peregrino E Servo.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Antonio, obrigada pela visita, volte sempre.
      Vou fazer uma visita no seu Blog!

      Excluir
  2. Edificantes mensagens. Que a potente mão do Senhor esteja contigo !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Voltemos às Raízes!
      Amém!

      Excluir

Olá,
Obrigado por comparecer ao blog Viva Bons Momentos e interagir através do seu comentário. Sua opinião é importante para nós.
Lembramos que a legislação brasileira responsabiliza o blogueiro pelo conteúdo do blog, incluindo os comentários escritos por visitantes. Assim sendo, agradecendo a visita e a interatividade de todos, avisamos sobre nossa Política de Moderação de Comentários:
• O Editor do blog Viva Bons Momentos analisa todos os comentários e não publica conteúdos que infringem as leis. São eles: palavrões, digitações caluniosas; ofensivas, que contenham falsidade ideológica, que firam a privacidade pessoal ou familiar e, em determinados casos, os comentários em anonimato.
•O editor desse Blog não aceita publicar todos os comentários anônimos. Embora haja aceitação de digitação de comentários anônimos, não significa que o mesmo será publicado. Priorizamos a publicação dos identificados. Os anônimos são publicados apenas quando escritos objetivando a preservação do digitador quando o assunto referir-se a ele mesmo.
Obrigado,
Viva Bons Momentos