Como Paulo e Silas na Prisão!

Viva bons momentos como paulo e silas na prisao

Por Carla Ribas

Dia desses passei por uma grande aflição. 
Algo que sabia vir de Deus não se concretizava. Cada hora uma barreira diferente, uma luta diferente.

Em meio à todo o processo me vi ansiosa e preocupada a ponto de sentir em meu corpo o reflexo de tanta aflição: enjôo, dor de cabeça, dor de estômago, dores pelo corpo todo por causa da tensão.

Tantos pensamentos passaram pela minha mente desde que a luta começou. Achava que não ia dar certo e no minuto seguinte tinha certeza de estar no caminho certo. Depois dúvida novamente, questionamentos mil.

Via algum progresso,  mas no minuto seguinte as coisas pareciam voltar ao estado inicial.
Foi neste exato momento que pensei:
Como posso Te agradar Senhor? Como passar por essa fase e ser aprovada? Fiz tudo que estava ao meu alcance com a certeza que era a Tua vontade.

Então veio claramente a situação de Paulo e Silas cantando na prisão.
Foi o que fiz. Entendi que deveria transformar minha aflição em adoração. Então adorei. Cantei muito. 
Parecia que só haviamos nós dois: Deus e eu naquele lugar. 
Para que as pessoas ao redor não pensassem que sou doida, comecei a caminhar pela rua cantando baixo, mas de todo o coração, cada flexada de aflição eu entregava ao Senhor e dizia: Acima de tudo, está o Senhor. Para isso existo: Te adorar, Te dar louvor!
Gradativamente a aflição cedeu lugar à alegria, ao contentamento. Foi uma experiência incrível.

Enquanto escrevo este texto começo a receber boas notícias por e-mail.
Desta vez dou mais um passo em direção ao Senhor. Aprendo coisas novas, sinto Deus mais perto e meu foco ajustado.
Sei que tudo vai terminar bem, porque minha confiança está Naquele que me salvou.

Leia a Bíblia: Depois de receber essa ordem, o carcereiro os jogou numa cela que ficava no fundo da cadeia e prendeu os pés deles entre dois blocos de madeira. Mais ou menos à meia-noite, Paulo e Silas estavam orando e cantando hinos a Deus, e os outros presos escutavam. De repente, o chão tremeu tanto, que abalou os alicerces da cadeia. Naquele instante todas as portas se abriram, e as correntes que prendiam os presos se arrebentaram. Atos 16. 24-26

Paulo e Silas não haviam cometido crime algum, porém haviam sido presos e amarrados. Foram tratados como marginais. A despeito disso, eles louvaram a Deus. 

Não importa a circunstância pela qual você está passando. Siga o exemplo deles. Quando todas as suas forças acabarem, quando você pensar que não há mais saída, Deus intervirá. E Ele o fará de forma que todos vejam o milagre em sua e o reconhecimento de que só Ele é o Senhor.

www.vivabonsmomentos.com

4 comentários :

  1. Essa Palavra foi para mim!...Obrigada,Senhor,por usar esse vaso!

    Grata,irmã Carla Ribas!
    Suely
    mensagens b[iblicas a cada dia!
    http://sbertoncini.zip.net

    ResponderExcluir
  2. Carla.

    Ao ler sua experiência eu me lembrei da minha transição do Velho Eu para a Nova Criatura em Cristo.

    Quando encontrava uma contrariedade qualquer, coisas sem importância que causavam chateação (tropeços, a dor de um machucado), então blasfemava. Ao me converter esse costume se revelou forte em mim. Tive até que jejuar para deixar essa coisa do passado no passado.

    O garoto jovem é cheio de testosterona. E, ainda na fase da conversão a Cristo, meus olhos eram viciados em percorrer as linhas anatômicas femininas. Hábito péssimo! Devia honrar a Deus e a namorada que pedi ao Senhor. Jejuei sobre isso e em oração tive a orientação de orar pedindo que o Senhor salvasse todas as garotas belas que chamavam minha atenção. Eu dobrava os joelhos especificamente para interceder por quem a minha carne empurrava para pecar. Orar assim foi o mesmo que pegar a espada e cortar a cabeça de Golias. Gosto de contar essa experiência porque sei que ela produz edificação espiritual, funciona mesmo! Tenho relatos de jovens que ouviram, resolveram colocar em prática e obtiveram resultados positivos contra a lascívia.

    Sobre seu caso, intercedo por você para que Deus esteja presente e lhe dê vitória.

    E, pedindo licença, digo-lhe mais. Se ainda é necessário, continue a enfrentar com fé as flechadas de aflição. Louve, mesmo! E também use o nome de Jesus para proferir repreensões contra as astutas ciladas do maligno e todos os seus ardis.

    Não devemos nos esquecer: o nome de Jesus tem poder!
    Abraço.

    E.A.G.

    http://belverede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Que experiência linda! Deus é fiel!
    Vi alguns vídeos seu e amei! Mais um blog benção para o povo de Deus. Beijos

    ResponderExcluir
  4. Que texto edificante!!!
    Obrigada por compartilhar essa experiência. Já passei por momentos assim e é muito bom oferecer a Deus sacrifícios de louvor, a paz que excede todo o entendimento toma conta do nosso ser.

    ResponderExcluir

Olá,
Obrigado por comparecer ao blog Viva Bons Momentos e interagir através do seu comentário. Sua opinião é importante para nós.
Lembramos que a legislação brasileira responsabiliza o blogueiro pelo conteúdo do blog, incluindo os comentários escritos por visitantes. Assim sendo, agradecendo a visita e a interatividade de todos, avisamos sobre nossa Política de Moderação de Comentários:
• O Editor do blog Viva Bons Momentos analisa todos os comentários e não publica conteúdos que infringem as leis. São eles: palavrões, digitações caluniosas; ofensivas, que contenham falsidade ideológica, que firam a privacidade pessoal ou familiar e, em determinados casos, os comentários em anonimato.
•O editor desse Blog não aceita publicar todos os comentários anônimos. Embora haja aceitação de digitação de comentários anônimos, não significa que o mesmo será publicado. Priorizamos a publicação dos identificados. Os anônimos são publicados apenas quando escritos objetivando a preservação do digitador quando o assunto referir-se a ele mesmo.
Obrigado,
Viva Bons Momentos