Como Ter o Coração de Maria em um Mundo de Marta?

Por Carla Ribas

Curiosidades sobre as mulheres nas antigas civilizações:

Quase nao tinham direitos.

Para que a palavra delas fosse aceita, 3 homens tinham que confirmar.

Em funerais elas iam à frente do caixao porque levavam a culpa e os homens atras do caixão porque não se sentiam responsáveis pois não eram culpados.

Não podiam conversar com outros homens em publico.

Durante as refeições comiam  em pé, ao lado do marido 
para servi-los no que fosse necessário.




Não podiam entrar nas sinagogas porque era inútil que as mulheres aprendessem a Palavra de Deus.

Faziam as tarefas domesticas, buscavam agua (João 4 ) e iam ao mercado.

Cabia a irmã mais velha fazer o serviço domestico e ajudar no cuidado dos irmãos mais jovens.

Mas Jesus veio para valorizar as mulheres e mostrar que a nossa importância vai além dos afazeres domésticos.

Vamos falar sobre Marta e Maria. Já ouvi muitas mensagens que literalmente reduziam Marta a um degrau para enaltecer Maria.

Sinceramente esse é um mundo de Marta!  Somos cobradas diariamente. Nossa jornada é dupla, tripla. Trabalhamos, cuidamos dos filhos, do marido, da casa, organizamos a rotina da família para que tudo saia bem, ajudamos nas tarefas escolares, damos atenção aos nossos maridos, temos amigas, somos eficientes no trabalho, boas esposas, boas mães, boas em tudo! 

Para que isso aconteça em harmonia, precisamos ser mulheres comprometidas com Deus e com a Sua Palavra. 

Precisamos ter o coração de Maria em um mundo de Marta.
Se eu ficar lendo a Bíblia e orando o dia inteiro, quem vai cuidar da minha famíla? 
Equilíbrio é a palavra-chave para nós mulheres!

Lucas 10.38-42
Jesus e os seus discípulos continuaram a sua viagem e chegaram a um povoado. Ali uma mulher chamada Marta o recebeu na casa dela.
Maria, a sua irmã, sentou-se aos pés do Senhor e ficou ouvindo o que ele ensinava.
Marta estava ocupada com todo o trabalho da casa. Então chegou perto de Jesus e perguntou: — O senhor não se importa que a minha irmã me deixe sozinha com todo este trabalho? Mande que ela venha me ajudar.
Aí o Senhor respondeu: — Marta, Marta, você está agitada e preocupada com muitas coisas, mas apenas uma é necessária! Maria escolheu a melhor de todas, e esta ninguém vai tomar dela.

Através da vida de Marta e Maria vemos a importancia do certo e o equilibrio das prioridades.

Duas mulheres com personalidades distintas: Marta, a atarefada, ativa, responsável, ocupada, recebeu Jesus de braços abertos e correu para servi-Lo da melhor maneira! Vale lembrar o trabalho que demandava o preparo de uma refeição.

Maria, provavelmente por não ter sobre os seus ombros o peso da responsabilidade, (lembre-se que a irmã mais velha era a responsável pela casa e pelos irmãos mais novos) logo reconheceu Jesus como seu Salvador e teve prazer em parar para ouvir os Seus ensinamentos.

Marta reclama com Jesus 10:40 — O senhor não se importa que a minha irmã me deixe sozinha com todo este trabalho? Mande que ela venha me ajudar.
Marta trazia sobre os seus ombros um fardo tão pesado que falhou ao reconhecer a importância de deixar tudo e ouvir a Jesus. 

Na nossa vida não é diferente, 
Prioridades são um reflexo do desejo do coração:
Mt 12:34  Do que há em abundância no coração, disso fala a boca.
Damos maior importancia, colocamos mais energia e recursos naquilo q é mais importante para nós.

Jesus sabia que era bem vindo na casa de Marta, Maria e Lazaro a qualquer momento. Ele costumava ir lá para descansar ou para e afastar das multidões. 

Será que Jesus pensa o mesmo sobre nos? Será que temos um coração que busca, que anseia a presença de Deus e que vive cada dia atento à Sua voz, aos seus planos e prioridades?

Buscar a Deus começa pelo reconhecimento de quem Ele é, e então convidá-lo para a nossa vida como Senhor e Salvador.

Se Ele não for o Senhor de tudo, não será o Senhor da sua vida. Deus não divide o comando. Ele é absoluto!

Para algumas de nós o problema não é a falta de relacionamento pessoal com Deus, mas quanto tempo estamos investindo nesse relacionamento. 

O equilibrio acontece quando nos rendemos ao plano de Deus diariamente, orando, lendo a bíblia, observando a palavra de Deus e tentando aplicá-la a nossa vida.

Aqui vai o resultado da escolha certa:
Marta possuia um relacionamento pessoal com Deus. Maria também.
Porém Maria entendeu e reconheceu a soberania de Jesus! As outras coisas ficavam em segundo lugar diante do Senhor.  


Estabelecer prioridades:

Minha casa a bem diferente quando eu tinha empregada. Cheia de pecinhas de decoração, roupas que não usava há anos, objetos de cozinha, papelada.... Tudo era administrado pela empregada que mantinha cada coisa em seu lugar.

Quando ela foi embora, percebi que não conseguiria manter a casa como estava. Muito cheia de coisas que só ocupavam espaço e tomavam o meu tempo para limpa-las. Foi então que percebi a necessidade de parar, estabelecer regras e objetivos.  Fiz uma triagem, me desfiz de varias coisas que gostava, mas que tomavam o meu tempo, para aliviar a carga pesada de manter a casa funcionando daquele jeito.

Descobri o valor de uma vida descomplicada.

Não é diferente com o nosso coração e na nossa vida. Onde há muita preocupação não há espaço para Deus! Precisamos adotar um estilo de vida mais “clean” menos tumultuado, nos livrarmos de coisas e sentimentos que só ocupam um espaço precioso que poderia ser melhor aproveitado.

Uma vida desequilibrada não tem lugar para Deus. 

É muito fácil nos dedicarmos ao trabalho, filhos, marido, casa e problemas quando o que Deus quer é ser nosso companheiro, amigo, saber que é bem vindo a qualqer hora e que será ouvido ao sussurrar em nossos ouvidos: nao faça ou faça, fique ou vá, fale ou cale-se.

Quando as lagrimas caem Ele quer enxugá-las e recolher cada uma para que possa transformá-las em chuvas refrescantes de restauração e bênçaos.
Deus quer que corramos pra os Seus braços e compartilhemos não somente cada dor, mas também cada alegria.

Precisamos aprender a discernir o que é urgente do que é necessário.
Uma vida ocupada não é sinonimo de produtividade. Uma agenda lotada não preencherá o vazio do coração. 

Sugestão: após se livrar dos excessos da vida pegue uma agenda em branco e marque primeiro o seu encontro com Deus. Um tempo para ler a Bíblia com calma, refletir, cantar um hino, adorar e dizer o quanto Ele é importante para você. Essa intimidade com Ele não tem preço. 

Mostre que Jesus é bem-vindo em seu lar, em sua vida, que Ele é prioridade e que por Ele, você deixa tudo! Que o seu melhor momento está reservado para Ele!

Então veja a mudança no rumo da sua história, nos caminhos excelentes sendo abertos, as novas oportunidades sendo colocadas a sua frente, seu trabalho sendo notado, um novo emprego, uma promoção, os clientes entrando em seu estabelecimento comercial ou escritório, os pacientes em seu consultório, sua casa mais leve, filhos chegando mais perto, pedindo conselhos, marido mais amoroso, atencioso, ouvindo com mais atenção o que você tem a dizer, pessoas notando a diferença em sua vida, e mais importante de tudo: Tirando dos seus ombros um fardo pesado, desnecessário, e o colocando aos pés de Jesus, pois Ele levou sobre Si as nossas dores! Permita-se viver a plenitude do Evangelho de Cristo! Seja feliz, completa e realizada!  







2 comentários :

  1. gostei me esclareceu muito

    ResponderExcluir
  2. Anônimo27/2/17

    gostei me ajudou muito a estabelecer minhas prioridades e colocar Deus em primeiro lugar, nao tem sido facil tenho 28 anos, sou casada a 5 anos, trabalho fora,tenho uma filha de 1 ano e dois meses. E percebi que Deus estava em ultimo lugar na minha vida

    ResponderExcluir

Olá,
Obrigado por comparecer ao blog Viva Bons Momentos e interagir através do seu comentário. Sua opinião é importante para nós.
Lembramos que a legislação brasileira responsabiliza o blogueiro pelo conteúdo do blog, incluindo os comentários escritos por visitantes. Assim sendo, agradecendo a visita e a interatividade de todos, avisamos sobre nossa Política de Moderação de Comentários:
• O Editor do blog Viva Bons Momentos analisa todos os comentários e não publica conteúdos que infringem as leis. São eles: palavrões, digitações caluniosas; ofensivas, que contenham falsidade ideológica, que firam a privacidade pessoal ou familiar e, em determinados casos, os comentários em anonimato.
•O editor desse Blog não aceita publicar todos os comentários anônimos. Embora haja aceitação de digitação de comentários anônimos, não significa que o mesmo será publicado. Priorizamos a publicação dos identificados. Os anônimos são publicados apenas quando escritos objetivando a preservação do digitador quando o assunto referir-se a ele mesmo.
Obrigado,
Viva Bons Momentos